Robótica e sua Inspiração na Natureza

Com a tecnologia a evoluir acima dos níveis esperados nesta década, os componentes electrónicos estão cada vez menores, o que implica em menores consumos de energia e materiais, logo robôs com maior qualidade e semelhança a seres encontrados em nossa Natureza. Já é frequente ouvir-se falar sobre robôs e suas diversas formas e aplicações.

“Muitas das nossas melhores invenções foram copiadas de outros seres vivos ou já são utilizadas por eles.” Citação de Phil Gates, em Wild Technology.

Para construir robôs capazes de andar, escalar, voar ou até mergulhar, foi necessário buscar inspirações na Natureza, nada tão perfeito e complexo quanto ao que existe nela.

Podemos considerar uma óptima ideia a implementação desta tecnologia, desde que a sua utilização esteja voltada para ajudar na pesquisa e vigilância do Meio Ambiente que a inspirou (minha opinião).

Algumas das boas aplicações são: estudo de espécimes em extinção, habitat, vigias/inspecção de áreas Ambientais, procura/resgate de pessoas em acidentes, exploração de locais inacessíveis.

Segue alguns vídeos para exemplificar as capacidades citadas acima.


Sticky Robot


Robot Fly


AquaJelly & AirJelly


Robot Fish

Existe o desenvolvimento de um outro robô “Esquilo” para interagir com outros animais da sua espécie, podem obter mais informações aqui.

Robot Squirrel
Foto: Nancy Palmieri/Associated Press

Fontes de Consulta.: Aquajelly , StickyBot , The Fly.

Tagged on:         

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>